27 março 2017

Resenha: Garota Exemplar - Gillian Flynn

Título: Garota Exemplar
Autor(a): Giullian Flynn
Páginas: 448
Editora: Intrínseca 
Ano: 2013

Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?


O livro é um trhiller psicológico onde nem tudo o que vemos, ouvimos ou lemos é o que parece, Giullian sabe como trabalhar a mente de seus personagens e acreditem ela sabe trabalhar a nossa mente mas isso vou explicar no decorrer desta resenha, estou impressionada com as reflexões que esse livro traz e até onde pode chegar as ações das pessoas, não é meu tipo de leitura preferida mas de vez em quando é bom fugir do comum e do obvio ou melhor dos "finas felizes".

Nick e Amy Dunne estão completando o qinto aniversário de um casamento em crise e falido, ao voltar para casa depois de um passeio Nick constata que Amy desapareceu, deixando para trás um cenário bagunçado, iniciando uma investigação em série.

O livro  é dividido em três partes com capítulos alternados entre o passado por Amy e presente por Nick que trata a sequencia dos dias do desaparecimento;  e o diário de Amy que retrata como eles se conheceram à 7 anos atrás, o envolvimento, casamento e as falhas de Nick, mostrando ele como um péssimo marido que não a trata como deveria.

Nick é um jornalista e professor universitário que foi criado por pais separados e passou a infância ao lado de um pai problemático que exerce uma influência negativa sobre ele até os dias atuais, sua versão da história mostra um homem frio, mesquinho em meio a tragédia que não se da conta das consequencias de seus atos tentando a todo custo justificar suas ações por essa razão e com os relatos do diário temos uma ideia confusa do personagem sendo muito fácil odiar ele com o resto da população e da mídia, colocando em jogo o seu carater. 

 Amy é uma psicóloga e escritora, filha de um casal de escritores e psicologos best-sellers que se tornaram famosos com a série de livros "Amy Exemplar" inspirada em Amy, mas os livros relata um compotarmento contrário da pessoa de Amy, no diário ela relata que se ela fizesse uma travessura na escola a Amy dos livros faria uma boa ação, e essa associação com o livro interfere em seu comportamento. 

Em meio a um emaranhado de perguntas sem respostas, é colocado em jogo o carater de seus protagonistas e a influência da mídia e das pessoas ao redor, com uma atribuição importante sobre o jornalismo praticado por algumas figuras com conclusões precipitadas baseadas em "eu acho" e sem nenhum apuramento que fundamente as acusações. 

O retrato ideal  um caos no jornalismo mundial, a compra de uma história sem apuração em busca de audiência e números, ele é o perfil óbvio para a solução de um crime sem corpo e respostas, e claro a concorrência nítida por quem explora mais um crime sem respostas.

PS.: O livro pertence a biblioteca da minha faculdade, isso explica a má conservação do mesmo mas o conteúdo em si estava em boas condições de leitura.

De fato Garota Exemplar supera qualquer expctativa que tive, uma trama envolvente com infinitas opiniões e formas de ser vistas de várias maneiras, não há como identificar um culpado ou vários culpados mas sim um casal que errou em seus 5 anos de relacionamento e agora precisa enfrentar a consequência de seus atos com o massacre da mídia e da população e procurar uma solução para esse vendaval que parece não ter fim onde tudo foi jogado no ventilador e pessoas e sentimentos foram manipulados por mentes sombrias que explorou o mais profundo do poço.

* ALERTA DE SPOILER *

Como li em muitas resenhas, o final não é agradável como vou explicar é confuso, tenho a impressão que tudo não passou de uma brincadeira ou de uma briguinha de casal, depois percebi que a intenção da autora não era o final feliz mas a realidade e mostrar que mesmo na ausência de bons sentimentos existe outros motivos para justificar a escolha do final, o final do problema é perceptível em poucos capítulos e isso não mne surpreende mas a forma como a autora trabalhou e expos foi o que me surpreendeu com cenas bem contruidas com bastante suspense que foi brilhantemente assustador. 

Adaptação Cinematográfica: O livro possui um filme lançado em 2014 com a atuação de Ben Affleck, não tive oportunidade de ver o filme para comparar. 

12 comentários:

  1. Oi, flor!
    Amo Garota Exemplar!
    Amo Gillian ♥
    Amo Amy rs
    Esse livro é um dos meus favoritos.
    Assista o filme, ficou muito bom!

    Primeira vez aqui no seu cantinho, adorei *.*
    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o filme. E já fiquei doida pra ler o livro, mas fica ruim quando se sabe o final da história =/
    acho que o livro deve ser BEM MAIS EMOCIONANTE.
    Beeijos.

    ;**

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li o livro, mas sempre vejo resenhas o elogiando. E positivamente ou não, sempre morro de vontade de lê-lo!
    Amei a sua resenha e espero também poder ver o filme <3

    xoxo
    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais tudo bem? na época do lançamento eu tive muita vontade de ler e depois confesso que acabei esquecendo kkkk vou tentar conferir esse ano ou ao menos algum livro da autora, falam sempre bem dela. Tb não vi o filme, mas quero conferir.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Thais,
    Garota Exemplar foi um dos mais surpreendentes thrillers que já li.
    Já sabia que o livro tinha sido muito bem recebido no exterior, e mesmo lendo com grandes expectativas, não me decepcionei.
    O que mais me impressiona é como a autora mostra perversidade do ser humano e até onde ele pode ir. E o que mais me impressiona é as estórias dela não são forçadas e não são escritas com o propósito de chocar.
    Enfim, considero Gillian Flynn uma das melhores autoras da atualidade e costumo dizer que Garota Exemplar estragou minha vida, pq até hoje nao li nenhum thriller que se equiparasse a este.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Thais.
    Eu gostei muito do livro, principalmente pelo jogo de o leitor não saber quem está falando a verdade. Não achei o final confuso. O que vi foi uma mulher muito inteligente e fria se dando bem e prendendo o marido em uma armadilha que não tem como ele escapar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Thais,
    Eu vi o filme e adorei.
    Fiquei completamente envolvida e querendo saber como tudo aconteceu!!!
    Quero ler outros livros da autora, uma faculdade que tem Garota Exemplar, eu admiro!
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Thais!
    Eu li e vi o filme!
    No livro eu não gostava muito das partes em que o Nick narrava, mas adorei o final! Dps qnd vi o filme achei a história ainda mais legal, o filme ficou muito bom! haha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Thais, tudo bom?
    Este livro esta na minha lista tem bastante tempo. Pois acabei assistindo ao filme bem antes de poder realmente ler. Mas acredito que seja muito incrivel. Eu adorei o filme, então o livro provavelmente vai ser melhor.

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir
  10. Oi Thais
    1. ESSE LIVRO É FODA PARA CARALHOOOOOOOOOOOOOO, a Gillian manja demais em construir tramas pesadíssimas psicologicamente.
    2. VocÊ precisa ler os outros dela, principlamente Objetos Cortantes.
    3. Viva Gillian, AMÉM

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Thaís, tudo bem?
    Li muitas resenhas desse livro, e a cada nova resenha fico ainda mais curiosa quanto a história. Está na minha lista, mas no momento não engato a leitura pelo seguinte motivo: Acabei de sair de uma ressaca literária bem grande, então estou lendo coisas mais leves. Mas espero poder conferir a história em breve para enfim poder assistir ao filme.
    bjus
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ei Thais. Foi difícil ver o filme, imagina ler o livro.
    Acho que pra mim não rolaria...
    Muita agonia!

    Seu blog é muito fofo!
    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir

© Vestígio Literário 2017. Todos os direitos reservados | Tecnologia do blogger | Feito por: Thay Rodrigues ♥